Vitamina D e a prática de esportes - Como ela pode ajudar no desempenho

Vitamina D e a prática de esportes - Veja como ela pode ajudar
Vitamina D e a prática de esportes - Veja como ela pode ajudar no desempenho

Veja como a estratégia dos atletas de elite associada à ingestão de vitamina D no dia a dia pode ter sido o segredo de bom desempenho durante as Olimpíadas 

Entenda como a vitamina D pode ter ajudado atletas de elite com bom desempenho durante as Olimpíadas Rio 2016.

Mesmo se você não for adepto de praticar esportes, vai se interessar pelo estudo publicado no American Journal of Sports Medicine, em 2015, e divulgado no Wall Street Journal, que aponta a chave para o sucesso ou insucesso à vitamina D.


Isto porque a pesquisa aponta que a associação do nutriente está ligada à retenção e absorção do cálcio e do fósforo nos ossos e dentes, além de atuar no sistema imune e no crescimento celular, como explica Maria Fernanda Elias, nutricionista da DSM, que acrescenta:
“As baixas taxas de vitamina D não são exclusividade dos atletas. Aproximadamente 1 bilhão de pessoas apresentam deficiência do nutriente no mundo inteiro, o que inclui em torno de 60% dos adolescentes brasileiros”.
Maria Fernanda comenta que os atletas de elite das Olimpíadas Rio 2016 e de diferentes times dos Estados Unidos, podem ter encontrado uma excelente vantagem em aliar a alimentação saudável, à qualidade do sono e a ingestão de vitamina D, visando assegurar o mais alto nível de desempenho nas competições. “Os dirigentes das equipes olímpicas também atribuem o inverso, de acordo com uma pesquisa reveladora. A deficiência de vitamina D pode contribuir para o aumento do risco de lesões dos atletas. Portanto, isso significaria a possibilidade de perda de medalhas”, afirma e alerta:
“O consumo de vitamina D, seja por meio da dieta ou exposição solar, está a cada dia mais difícil, devido ao estilo de vida moderno, falando não só dos esportistas, mas da população de um modo geral. Por isso, é fundamental consultar um especialista para orientar a melhor forma de introduzir o nutriente no dia a dia”.
Também é função da vitamina D controlar os depósitos e as retiradas desses minerais nos ossos, tarefas estas realizadas pelo próprio organismo para atender a outras necessidades exigidas pelo corpo.

Quando as retiradas são maiores que os depósitos, os ossos podem ficar moles e fracos. Os benefícios da vitamina D para o organismo não param por ai. Ela ainda combate a pressão arterial, controla o peso, afasta o risco de tumores, auxilia na prevenção e tratamento de doenças como a diabetes e a hipertensão e está associada a uma vida mais longa.

A vitamina D atua eficazmente junto ao sistema imunológico permitindo que o corpo se defenda melhor, por exemplo, das gripes e resfriados.

Fontes: Uol - Esportes / cpt.com.br



Topo