Dores de cabeça - Sua alimentação pode ser uma das causas

aliados da saúde
Dores de cabeça - Sua alimentação pode ser uma das causas

Nossa alimentação pode ser a causa pela dor de cabeça que sentimos algumas vezes

O que comemos, as quantidades que comemos ou se ficamos muito tempo sem comer pode resultar em dores de cabeça.

A dor de cabeça é um problema que atinge quase todas as pessoas, pelo menos uma vez. O que muitas pessoas não sabem porém, é que a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleias podem ter origem ou agravantes dependendo da nossa alimentação.


A dor de cabeça, conhecida em termos científicos como cefaleia, quando acontece de maneira simples não representa causa de doença específica, embora o sintoma possa existir para certos estados clínicos.

Pode ter diversas causas, sendo as situações de estresse uma das causas principais. A constante exposição aos raios solares também pode desencadear estas dores no cérebro.

Porém em alguns casos a alimentação e, dizem os dentistas,  que até o formato errado da mordida também pode ser estimulador para o quadro clínico de nível leve.

Abaixo estão algumas orientações, que quando seguidas, podem auxiliar na redução ou até eliminação do problema:

Não pule refeições, porque o jejum pode aumentar a probabilidade de uma dor de cabeça, realizar refeições de 3 em 3 hs.

Alguns indivíduos podem ter sintomas de dor de cabeça através do consumo de café, chá, chocolate e cacau. Porém, para outras pessoas a cafeína pode ajudar a reduzir as enxaquecas: prestar atenção no consumo desses produtos!

A utilização de alimentos fonte de ômega-3 ou mesmo sua suplementação pode ser benéfica.

Os alimentos abaixo estão envolvidos com vários tipos de dor de cabeça:

- Alimentos fermentados:
Alimentos como fígado de galinha, queijos envelhecidos como o cheddar, vinho tinto, arenque em conserva, chocolate, fava e cerveja;

- Alimentos contendo histamina:
Peixes escombrióides ou ósseos espinhosos, como atum, cavala ou dourado;

- Álcool:
Bebidas alcoólicas como champanhe e vinho tinto contém tanto fenóis como tiramina;

- Embutidos:
Salsicha, peito de peru, presunto, mortadela, salame, presunto, bacon, etc...

- Café, chá e bebidas contendo cola:
Podem provocar uma cefaleia de abstinência por cafeína. Permita que a abstinência se processe gradualmente;

- Castanhas:
Algumas contém vasodilatadores, podendo provocar as dores.

Atenção: 
O Ministério da Saúde adverte que todas as pessoas que sofrem com fortes dores de cabeça deve procurar um neurologista para traçar diagnóstico preciso e eliminar todos os fatores de riscos, que por vezes podem ser mortais, como os tumores cerebrais e a aneurisma.

Fontes pesquisadas: Hospital Albert Einstein / Ministério da Saúde / Revista Bem Estar



Topo