Ansiedade Engorda - Cuide-se e se ajude a emagrecer

Ansiedade Engorda - Cuide-se e se ajude a emagrecer

Esta atitude, conhecida e mascarada nossa, costuma estar presente no dia a dia e nos momentos menos oportunos. 

A ansiedade incomoda e condiciona a nossa vida. Pode promover o aumento do peso. Torna-se uma barreira, quando quer emagrecer.

A redução de hidratos de carbono (açúcares) a que uma dieta de emagrecimento obriga, provoca alterações no funcionamento do nosso organismo. Ele está habituado a esses açúcares, que de certa forma criam adição. Quando ausentes, responde com o aumento da ansiedade e irritabilidade. O que por sua vez, tende a aumentar a ingestão alimentar. Mas este mesmo efeito pode ocorrer com o stress a que diariamente está sujeito.

É um dos motivos que a pode levar a desistir do seu objetivo ou que condicionam o sucesso. Veja o que pode fazer para contornar este problema.

Se lhe apetece mesmo muito algo doce, evite ficar a pensar sobre o assunto. Ingira um quadradinho de chocolate preto. Deixe derreter lentamente na boca, saboreie.

Procure fazer exercício físico diariamente. Alivia o estresse e promove a sensação de bem estar. Nada como um bom treino e um bom banho quente no final.

Consuma frutos secos diariamente. Ainda que em pequenas quantidades, surtem efeito e não prejudicam a sua dieta.

Reduza o consumo de café. A cafeína é preciosa para perder peso, estimula o seu organismo. Mas não exceda a quantidade porque promove o nervosismo e ansiedade. E o resultado final pode não ser o esperado.

Controle a respiração. Respire fundo e calmamente com alguma regularidade ao longo do dia.
Exponha-se ao sol. A boa disposição tomará conta de si e, desde que não exceda os 30minutos, regula a produção hormonal sem riscos significativos para a sua saúde.

Mantenha-se emocionalmente estável. Um simples abraço de um amigo pode ser reconfortante e aliviar a ansiedade.

Ouça música. Enquanto se desloca para  trabalho, enquanto prepara o jantar, enquanto trabalha. Prefira músicas calmas e num volume médio.

Beba chá de ervas calmantes. Ajuda a controlar o nervosismo e ainda está a aumentar a ingestão de líquidos, sem açúcar obviamente. Tília, camomila, lúcia lima são boas opções.

Aumente o consumo de frutas frescas e reduza o consumo de alimentos pré confecionados, muito gordurosos e de doces. As frutas criam uma sensação de bem estar e auxiliam na reposição de vitaminas e minerais essenciais ao bom funcionamento do organismo. Por outro lado os alimentos ricos em açúcares simples (doces) e gorduras promovem a sensação de culpa.



Topo