Obesidade - Estudos dizem que natureza já determina

aliados da saude

Obesidade, esta é uma briga para sempre!

A ciência já descobriu, o homem evoluiu sem mecanismos para combater obesidade

A briga nutrida pelo ser humano contra a balança tem origem milhares de anos atrás. Um novo estudo da Universidade de Exeter (Reino Unido) afirma que as pessoas evoluíram com desejos inconscientes para comer em excesso e capacidade limitada para evitar a obesidade, especialmente no inverno.


De acordo com os pesquisadores, ainda não há um mecanismo evolutivo que nos ajude a superar a atração por doces, alimentos gordurosos e pouco saudáveis, uma trilha certeira para a obesidade.

Este descontrole ocorre porque, no passado, o excesso de peso não representava uma ameaça significativa para a sobrevivência, comparada ao perigo de estar abaixo do peso. O desejo de manter a gordura corporal é ainda mais forte no inverno, quando a comida é escassa no mundo natural.

Os pesquisadores descobriram a existência de um pequeno efeito negativo sobre as reservas de energia, favorecendo a superação do peso ideal. Isso explica porque somos tão facilmente vencidos pelas recompensas imediatas de uma comida saborosa.

A expectativa era de que a evolução teria dado a capacidade de perceber quando comemos o suficiente. Em vez disso, mostramos pouco controle quando nos deparamos com alimentos artificiais — explica Andrew Higgison, professor de Ciências Ambientais da Universidade de Exeter e autor principal da pesquisa, publicada na revista “Proceedings of the Royal Society B”. 
Os alimentos modernos têm muito açúcar e sabor e isso provoca uma necessidade urgente de comer, superando os fracos mecanismos evolucionários que nos aconselham a não fazer isso.
Segundo Higgison, o ganho excessivo de peso é mais comum no inverno:

Os animais ganham peso quando é mais difícil encontrar comida. Armazenar gordura significa uma segurança contra o risco de falharmos na caça a alimentos, o que, na era pré-industrial, era comum no inverno. Por isso a véspera do Ano Novo, durante o inverno do Hemisfério Norte, é a pior época para começar uma dieta.

Fonte: O Globo.com

Topo