Emagrecer - Dicas eficientes para perder peso de verdade

aliados da saude
Emagrecer - Dicas eficientes para perder peso de verdade

O.K. ano novo, e sempre aquela velha promessa: este ano vou fazer uma dieta "séria", pretendo perder "tantos quilos" e entrar em forma!

Tudo bem, perfeito, temos mesmo que nos impor objetivos para crescermos. Então aqui o aliados da saúde deixa algumas dicas bastante eficientes para perder peso de verdade.

Mantenha a geladeira / despensa cheia de comida
Comida boa, claro. Uma dieta saudável não significa uma geladeira vazia – pelo contrário. Estoque sua despensa com frutas e vegetais frescos (e congelados), gorduras saudáveis e superproteínas como ovos e nozes. Isso vai ajudá-lo a cozinhar de maneira mais saudável e também evitar problemas na hora de fazer uma boquinha. Algumas das melhores inspirações vêm da cozinha, então tire proveito desse espaço culinário!


Não fique sem comer
Em vez de se preocupar com o número de vezes que você come por dia ou quantas calorias tem cada refeição, use sua cozinha bem estocada para fazer refeições inteligentes, que te deixem satisfeito e que tenham porções de tamanhos razoáveis. Escolher algo mais substancioso, com proteína e gordura em vez de carboidratos simples, vai satisfazer seu apetite e diminuir a probabilidade de que você coma demais depois.

Faça musculação
Se você quiser ficar mais esbelto e definido, não tenha medo de trocar os pesinhos de três quilos por algo maior. Um estudo recente da Universidade Harvard mostrou que a musculação é particularmente eficaz quando se trata da gordura da barriga. Estudos anteriores também mostraram que, apesar de os exercícios cardiovasculares queimarem gordura e músculo, a musculação queima gordura e aumenta a massa magra – o melhor dos dois mundos. Sem falar que mais músculos significa um metabolismo mais rápido.

Mas não tente “queimar tudo” na academia
É importante integrar sessões de suor no plano de perda de peso, mas exigir demais do corpo nos treinos pode atrapalhar em vez de ajudar. Pesquisas indicam que algumas pessoas têm uma boa resposta à comida depois de se exercitar, o que as leva a comer demais depois de queimar calorias. O corpo precisa de comida depois do treino – para cada dez calorias queimadas, sentimos necessidade de pelo menos três para reposição – e esses “pedidos” aumentam de acordo com a intensidade do treino.


Diga “não” à privação
Negar a energia calórica de que o corpo precisa nunca é a coisa certa a fazer quando se trata de perder peso. Quando você ingere menos de 1.200 calorias por dia, ou seja, um regime radical, o corpo sofre de verdade. Ele reduz o metabolismo para conservar energia, dificultando a perda de peso e transformando a ideia de um regime num pesadelo. A falta de calorias também sinaliza a falta de nutrientes essenciais, o que pode causar uma série de outros problemas.

Tente o método 80/20
Mesmo quando estiver com fome, lembre-se de tomar água antes de comer, para certificar-se de que você não está desidratado. Comidas saudáveis devem representar 80% da sua dieta. Perder quilos não significa trocar uma refeição por um shake nem minimizar ou cortar o chocolate que você adora – na verdade, essas estratégias tendem a fazer com que você perca o controle e se jogue em alimentos de má qualidade quando bater a vontade. Se 80% das suas calorias vierem de preparações equilibradas e nutritivas, os outros 20% podem ser esbanjados em um brunch, no happy hour ou na sobremesa, sem culpa.

Pare de pensar nisso!
No fim das contas, um mero número na balança não deveria determinar sua felicidade. Concentre-se em como você está se sentindo: seus treinos estão ficando mais fáceis? Seu corpo parece mais esbelto? Você tem de comprar roupas novas porque as antigas estão ficando grandes? Esses aspectos positivos são muito mais importantes quando se trata não só da sua autoestima, mas também do estresse que você cria para você mesmo.

Topo