Atividade física x sexo - Prática melhora desempenho sexual

aliados da saúde
Prática de atividade física ajuda a melhorar a vida sexual

De acordo com pesquisa feita pela Universidade de Arkansas, prática regular de atividades físicas traz mais desejo e melhora autoestima, repercutindo na vida sexual

Os benefícios da atividade física já são muito bem definidos e sua contribuição para vários indicadores de saúde física e mental é consenso na comunidade científica. No entanto, existe uma área do conhecimento em que a contribuição dos exercícios físicos regulares foi menos estudada. Trata-se dos benefícios dos programas de exercício para a qualidade da vida sexual.


Apesar de haver um número restrito de estudos científicos abordando a relação entre exercícios físicos e vida sexual, algumas pesquisas foram publicadas nas últimas décadas, trazendo contribuição para o entendimento desses benefícios. Um estudo publicado por Frauman em 1982 relatou que o aumento do tempo em atividades físicas diárias estava associado com maior frequência e maior desejo sexual em uma população de universitários.

Adicionalmente, o exercício promove uma melhora do fluxo sanguíneo para a região genital, melhorando a qualidade da relação (Stanten & Yeager, 2003). De acordo com a literatura científica, indivíduos sedentários podem diminuir significativamente o risco de disfunção erétil gastando pelo menos 200 calorias por dia em atividades físicas (Stanten& Yeager, 2003).

Dentre alguns artigos publicados, podemos destacar um estudo bastante interessante. Realizada por pesquisadores da Universidade de Arkansas em 2013 e publicada no “Journal of Human Sexuality”, a pesquisa utilizou 408 estudantes universitários como voluntários e obteve resultados bastante atraentes.
Os indivíduos que praticavam mais atividade física relatavam maior grau de satisfação sexual e melhor conceito de autoestima. 
Esta melhora de autoestima se refletia em uma percepção do próprio indivíduo de ser mais “desejado” sexualmente e em uma maior confiança em seu desempenho sexual.

A discussão a respeito das razões que seriam responsáveis por esses resultados abordavam dois aspectos: saúde e estética. Inegavelmente, praticantes de exercícios físicos são indivíduos mais saudáveis, e melhor condição de saúde sempre reflete em melhor qualidade da vida sexual.

Por outro lado, objetiva ou subjetivamente existe sempre a contribuição de exercícios regulares para melhor aptidão física e resultados estéticos, com grande contribuição para melhora da autoestima e consequente repercussão na melhora da vida sexual.

Para aqueles que buscam motivação para fazer exercícios, fica mais um estímulo. Ou seja, podemos recomendar que se “corra em busca de uma vida sexual melhor”.

Fonte: euatleta.com.br



Relacionadas Para Você
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »

1 comentários