Ansiedade - Combata através da alimentação

aliados da saude
Ansiedade - Combata através da alimentação

Uma das consultas mais procuradas nos consultórios médicos e em pesquisas aos sites de saúde atualmente, principalmente entre os jovens e as mulheres, é sobre a ANSIEDADE.

Mais o que é a ansiedade:


Definição de ansiedade ( pt.wikipedia.org )
Ansiedade, ânsia ou nervosismo é uma característica biológica do ser humano, que antecede momentos de perigo real ou imaginário, marcada por sensações corporais desagradáveis, tais como uma sensação de vazio no estômago, coração batendo rápido, medo intenso, aperto no tórax, transpiração, e outras alterações associadas à disfunção do sistema nervoso autônomo.

Definição de ansiedade (prática)

Ansiedade é uma condição psicológica em que o indivíduo encontra-se num estado de apreensão desagradável, resultando em uma preocupação maior do que a exigida pela situação.
Os indivíduos ansiosos tendem a ser impulsivos e ter certa urgência em resolver problemas e as mulheres têm uma maior probabilidade de desenvolverem crises de ansiedade do que os homens.


Sintomas de ansiedade:
  • Não conseguir relaxar;
  • Estar sempre tenso, com medo ou preocupado;
  • Pensamentos negativos;
  • Sensação de que algo ruim vai acontecer;
  • Pavor de alguma situação em particular;
  • Descontrole sobre os próprios pensamentos;
  • Preocupação exagerada;
  • Sensação de descontrole;
  • Palpitação cardíaca;
  • Respiração ofegante;
  • Sensação de falta de ar.
A ansiedade engorda?

A ansiedade engorda, pois quando um indivíduo fica ansioso há liberação do hormônio cortisol que aumenta o acumulo de gordura na barriga e diminui a massa muscular. Além disso, para o tratamento médico da ansiedade os médicos receitam ansiolíticos, que podem engordar, assim como o aumento do consumo de alimentos doces ou muito calóricos, que são os prediletos de quem sofre de ansiedade.


Mas a ansiedade não precisa ser desculpa para descuidar da saúde, permitindo-se engordar, o que consequentemente acabará provocando outras doenças. 

Se você quer se cuidar a ponto de não ter quer procurar acompanhamento médico, alguns alimentos podem lhe ajudar. Conheça alguns deles, e previna-se.

Alimentos que ajudam a controlar a ansiedade:

Frutas cítricas (laranja, limão, acerola, kiwi, morango e abacaxi): 
São fontes de vitamina C, o que ajuda a reduzir a secreção do cortisol, hormônio liberado pela glândula adrenal em resposta ao estresse e à ansiedade.

Banana: 
É rica em vitamina B6 e tem alto teor de triptofano, fatores que colaboram com a produção de serotonina, auxiliando o bem-estar.

Ovos, leites e derivados: 
Também são ótimas fontes de triptofano, aminoácido que, em conjunto com a vitamina B3 e o magnésio, produzem serotonina. O ideal, para controlar o excesso de calorias, é que o ovo seja consumido cozido e os leites e derivados sejam desnatados.

Espinafre: 
Rico em ácido fólico, o espinafre auxilia na eliminação de resíduos químicos oxidantes produzidos pelo excesso de trabalho ou estresse, fatores externos responsáveis pela ansiedade.

Chocolate: 
Os que contêm mais de 70% de cacau, além de serem menos calóricos, são ricos em flavonoides, um tipo de antioxidante que favorece a produção de serotonina.


Carnes magras e peixes: 
Eles são as melhores fontes naturais de triptofano, aminoácido que em conjunto com a vitamina B3 e o magnésio produzem serotonina, importante também no processo do sono. Além disso, as carnes e peixes contêm outro aminoácido chamado taurina, substância que aumenta a disponibilidade de um neurotransmissor chamado Gaba, que o organismo usa para controlar fisiologicamente a ansiedade.


Fontes: Wikipédia / Tuasaude / www.aliadosdasaude.com.br



Relacionadas Para Você
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »