Noz-moscada - Benefícios para nossa saúde

Noz-moscada - Benefícios para nossa saúde
Noz-moscada - Benefícios para nossa saúde

Ingrediente comum na culinária do mundo todo, a noz moscada é normalmente utilizada no preparo de pratos quentes, molhos e saladas. 

Mas, além de ser um ótimo tempero, esta especiaria possui propriedades medicinais muito úteis e utilizadas desde a antiguidade.

Condimento de cheiro e sabor marcantes também é popular por suas propriedades medicinais que pode ser encontrada em produtos para higiene bucal, dermatológicos, usada em homeopatias e usada para solucionar diversos problemas de saúde.


Esta semente pode desempenhar a função de sedativo, estimulante, relaxante e anti-inflamatório. Auxilia o corpo aliviando dores, e aumentando a circulação sanguínea, promovendo a concentração e combatendo a depressão e problemas respiratórios.
Ela é ainda antibacteriana, rica em óleos essenciais, em vitaminas A, B e C, e alguns minerais essenciais, como potássio, cálcio, ferro e manganês, que é um catalisador para quebrar gorduras e colesterol, um processo importante para quem quer emagrecer.

A semente ainda é rica em ácido fólico, riboflavina, niacina, antioxidantes flavonoides como betacaroteno e criptoxantina que são essenciais para a manutenção da saúde. 
Abaixo as principais propriedades da noz moscada e benefícios desta especiaria ao nosso organismo.
  • melhora a circulação sanguínea; 
  • atua na prevenção do câncer; 
  • higieniza a pele e a boca; 
  • ajuda no controle da pressão;
  • melhora estados depressivos;
  • é afrodisíaca; 
  • ajuda a combater gases; 
  • estimula o cérebro; 
  • ajuda a controlar a glicose no sangue; 
  • melhora o desempenho do fígado e pâncreas; 
  • diminui as dores reumáticas; 
  • ajuda no combate a inflamações. 
Uso medicinal
Chá de noz-moscada 
Ferver um litro de água, desligar o fogo, ralar meia noz-moscada, colocar na água fervente por três minutos. Coar e tomar uma xícara pela manhã ou antes de dormir.

Restrições no consumo
Devem ser consumidas no máximo duas colheres de chá de noz-moscada ralada por dia, evitando assim efeitos contrários à saúde. O excesso pode causar intoxicação, alucinação, náusea, tontura, suor excessivo, e em casos mais graves até levar a pessoa ao coma. 


Seu consumo deve ser evitado pelas grávidas, lactantes e crianças menores de dois anos em qualquer quantidade.



Relacionadas Para Você
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »