O Poder Medicinal da Sálvia

O Poder Medicinal da Sálvia

A sálvia é uma erva com aspecto rústico e verde com até 75cm de altura. Suas folhas são verde-acinzentadas, manchadas de leve amarelo. As flores vão do branco ao lilás e seu cheiro lembra o alecrim.

Possuindo vastas propriedades medicinais, a sálvia ajuda na digestão, é anti-séptica e fungicida e ajuda a combater a diarreia.

O chá é usado para tratar gengivas inflamadas, aftas, dores de garganta e problemas de mucosas, além de aliviar diabetes e sintomas da menopausa.

Ela ainda diminui a transpiração excessiva e é restauradora de energia, tendo poder tonificante sobre o fígado e agindo contra a depressão.

Indicada também para dores de ovário, icterícia (problema no fígado que deixa a pele e os olhos amarelados), tremores, vertigens e impotência sexual. Ainda facilita o fluxo da menstruação e alivia sintomas da febre.

Aprenda a cuidar melhor da sua saúde - curso online de nutrição - conheça aqui e comece já!  Contra a recessão, invista na sua educação.

Uso da sálvia contra a diarreia (chá):
Despeje uma xícara (chá) de água fervente sobre 1 colher (sobremesa) de folhas e flores de sálvia. Abafe por 10 minutos. Coe e tome 2 vezes ao dia.

Macerado contra cólicas menstruais:
Misture 3 colheres (sopa) de sálvia com uma garrafa de vinho branco. Deixe descansar por 8 dias em local fresco e seco, agitando diariamente. Coe e tome 1 colher (sopa) 3 vezes ao dia.
Não deve ser usado por quem tem problemas no fígado!

Contra-indicações:
A sálvia não deve ser ingerida com muita frequência porque pode aumentar a pressão arterial.
Grávidas, mulheres amamentando e crianças também não devem utilizar. Bem como pessoas epiléticas.

Fonte: O Grande Guia das Ervas


Relacionadas Para Você
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »