Má alimentação e inatividade física: a saúde das crianças em risco

A inatividade física e a má alimentação são alguns dos fatores de risco para o desenvolvimento de hipertensão. O número de crianças hipertensas no mundo vem crescendo e alarmando as organizações de saúde. Este fato se deve principalmente ao estilo de vida atual que favorece o sedentarismo, uma vez que vivemos na “era da modernização de brincadeiras”, e o consumo frequente de alimentos promotores de doenças.

De acordo um estudo publicado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo fatores associados ao estilo de vida aumentam em 30% o risco de desenvolver hipertensão já na infância. Isto pode representar um sério problema de saúde pública uma vez que as crianças estão desenvolvendo precocemente doenças crônicas, se tornam adultos com sérios riscos relacionados à saúde.

É preciso que as crianças tenham hábitos de vida saudáveis! A prática de atividade física e a alimentação equilibrada devem ser estimuladas pelos pais desde a primeira infância: os hábitos estabelecidos nos primeiros anos de vida se perpetuarão ao longo da vida!

A variedade de alimentos saudáveis ofertados com regularidade na infância, mesmo que recusados a princípio pela criança é fundamental uma vez que aumenta o repertório alimentar, tornando cada vez mais familiares alimentos protetores para desenvolvimento de algumas doenças.

Então, estimule brincadeiras que gastem energia e preste atenção na alimentação oferecida aos pequenos, porque se a criança aprender a se alimentar com qualidade e se exercitar com regularidade, reduzirá seus riscos de problemas futuros, gozando de vida muito mais saudável, saborosa e feliz!

Faça sua parte, cuide da saúde das crianças!

Por Priscila Soares e Juliana Bergamo Vega
Fonte: Ministério da Saúde

Relacionadas Para Você
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »