Lentilha - Conheça o Poder Medicinal deste grão


o poder medicinal das ervas, plantas e frutas

Lentilha: geralmente comida das festas natalinas, mais é uma opção saudável para o dia-a-dia!

A lentilha é uma ótima opção para colaborar com sua saciedade e diminuir seu apetite. 

A lentilha faz parte de um grupo de alimentos que contêm amido resistente. O amido resistente possui todos os benefícios de uma dieta rica em fibras, incluindo uma melhor digestão, sem as desvantagens potenciais de outros tipos de amidos que acabam sendo armazenadas como gordura. 



A lentilha tem boa quantidade de carboidratos considerados bons pra saúde, porque são carboidratos complexos que mantém o nível de glicose bem baixo, não deixando que os carboidratos virem logo gordura. Além disso, possui mais proteína que o feijão. As proteínas ajudam a manter a massa muscular, ajudam na defesa do organismo e ajudam a aumentar o metabolismo.
As lentilhas também têm muita fibra, o que auxilia a diminuir a glicemia e o colesterol. Além disso, a fibra tem o poder de saciar, o que faz com que a pessoa com menos, pois fica satisfeita com menos comida.
O grão também possui micronutrientes, que são as vitaminas e os minerais. Contém ferro, que ajuda a controlar a anemia, o cobre, que também dá muita energia pras células, o selênio, que ajuda na saúde da tireoide, e um trio muito especial, que é a vitamina B6, o magnésio e o triptofano. Eles ajudam na formação da serotonina, que é um neurotransmissor da calma, do prazer e da saciedade.

Aprenda a cuidar melhor da sua saúde - curso online de nutrição - conheça aqui e comece já!

Benefícios medicinais da lentilha

Anemia: Além de ter uma quantidade extremamente concentrada de ferro, a lentilha fornece também nutrientes como cobre e folatos, que contribuem para aumentar a produção de hemácias no sangue.

Prisão de ventre: Graças à grande quantidade de fibras presentes na composição da lentilha, ela acaba estimulando os movimentos peristálticos do intestino.

Diabetes: Apesar de apresentar um índice bastante alto de carboidratos, eles liberam muito lentamente as moléculas de glicose no intestino, e por isso acabam não causando uma subida exagerada no nível de açúcar no sangue.

Colesterol: As fibras presentes na lentilha acabam se juntando ao colesterol de outros alimentos e fazendo com que eles sejam eliminados nas fezes, junto com os ácidos biliares que iriam ser a matéria prima para o nosso organismo produzir seu próprio colesterol.

Coração: Estudos descobriram que as pessoas que comem legumes de alta fibra como lentilhas têm um risco muito reduzido de doença cardíaca. Os altos níveis de folato e magnésio da lentilhas também percorrer um longo caminho para proteger o coração.



Topo