Frutas - Elas podem salvar sua vida

o poder medicinal da frutas


Frutas são importantes componentes de uma alimentação saudável e seu consumo em quantidade adequada tem sido associado à diminuição de mortalidade e redução da ocorrência de doenças crônicas como as doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer. 


Estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que o consumo inadequado de frutas está entre os dez principais fatores de risco para a carga total global de doença em todo o mundo, onde existe forte evidencias de que o consumo de frutas diminui também o risco de diabetes e obesidade, como parte de hábitos alimentares saudáveis.
Frutas são importantes componentes de uma alimentação saudável e seu consumo em quantidade adequada tem sido associado à diminuição de mortalidade

Elas têm características especiais: geralmente de natureza polposa, aromas próprios, saborosas – de sabor doce e agradável, coloridas, muito nutritivas e são ricas em açúcares solúveis.

As frutas devem ser incluídas diariamente na alimentação, pois nos brindam com: água, fibras (celulose), vitaminas diversas, sais minerais, frutose ou levulose (açúcares naturais), carboidratos, gorduras e proteínas, tudo de maneira equilibrada e, quase sempre, com baixas caloria.

Vantagens do consumo das frutas:
  • Fontes de micro nutrientes, fibras (beneficia o intestino, evitando prisão de ventre) e de outros componentes com propriedades funcionais;
  • São de fácil digestão e promovem saciedade;
  • Fontes de vitaminas e minerais - indispensáveis para o crescimento das crianças;
  • É um alimentos de baixa densidade energética, isto é, com poucas calorias em relação ao volume da alimentação consumida, o que favorece a manutenção do peso corporal;
  • As frutas cítricas contêm vitamina C e bioflavonóides, nutrientes importantes para reforçar o sistema imunológico;
  • As frutas vermelhas e alaranjadas são fartas em caroteno. Substância considerada anticancerígena.
A maioria das frutas podem ser ingeridas com a casca, na qual, às vezes, encontram-se vitaminas e sais minerais, além de celulose, que concorre para a limpeza intestinal.

Antes de ingerida, a fruta deve ser lavada devidamente – por que pode estar contaminada por germes patogênicos ou substâncias químicas.

Elas podem ser consumidas ao natural, sob a forma de sucos, refrescos, batidas com leite, sorvetes, servidas em saladas, purê, em preparações diversas, em combinação com salgados como presunto, aves e carnes. Também podem ser consumidas assadas, cozidas, em compota, doces, em massas, as, geléias, cristalizadas e secas. 

O importante é usar a técnica de consumo que menos prejudique o valor nutritivo da fruta.

Dicas:

- Consumir a fruta entre as refeições - nesses intervalos ocorre um melhor aproveitamento dos nutrientes; 

- Procure guardar as frutas inteiras, pois se não for totalmente consumida facilita o processo de descomposição e perdas nutricionais. 

- Frutas maduras demais ou moles ou esmagadas apresentam alto índice de desperdício;

- Considera-se suficiente o consumo mínimo de 400 g de frutas diariamente, o que equivale a cinco porções desses alimentos. Consumindo esta quantidade você poderá desfrutar de todas as propriedades medicinais destas maravilhas da natureza.

Topo