Fazer dieta não é sinônimo de passar fome

o poder medicinal das ervas, plantas e frutas

Ao se começar uma dieta de emagrecimento não é recomendado ignorar os sinais de fome, pular refeições, e esperar até que você esteja  "morto(a) de fome”.

Esta atitude, além de mexer com o seu metabolismo, torna mais difícil tomar uma decisão equilibrada em relação à qualidade e quantidade de alimentos na hora da refeição.


Enquanto pular um único lanche não terá um grande efeito sobre o metabolismo, não se alimentar até que você esteja totalmente faminta pode levar ao extremo, ou seja, você pode comer muito mais do que você realmente precisa na próxima refeição.
Você não precisa ​​sentir fome durante todo o dia para perder peso, um nível moderado de fome é importante, a fim de sinalizar ao seu organismo quando é hora de comer. Então, aí sim, é hora de ignorar os sinais iniciais de fome, como uma barriga borbulhando, mas você não deve deixar chegar ao ponto que você está com tanta fome que fica tonto(a), enjoado(a), não consegue se concentrar e tem até dor de cabeça. 
Aprenda a perceber esses sinais de fome precoce, porque eles são a forma do seu corpo lhe dizer quando comer. A chave é comer a cada três a quatro horas e comer apenas o suficiente até que você esteja satisfeito.
Faça lanches saudáveis entre as refeições principais. Abuse de frutas, sucos e verduras, que você pode deixar cortadas na geladeira para a hora da fome. Abacaxi com pepino é uma delícia e só faz bem.
O ideal é manter uma rotina nos horários de alimentação. Não tenha vergonha de levar seu lanche na bolsa, afim de não ser tentada a comer o que achar no momento, seja numa lanchonete ou mesmo durante o expediente.
Estabelecer um comportamento alimentar através de refeições mais frequentes, de baixa densidade energética e de alta qualidade nutritiva, pode ser uma importante atitude para o controle da epidemia de obesidade no mundo.
Lembre-se, disciplina é a chave para alcançar nossos objetivos.


Topo