Colesterol - Mocinho ou Bandido

colesterol - mocinho ou bandido

Apesar da fama de vilão, o colesterol possui importantes funções no organismo. 

Esse lipídio, por exemplo, é imprescindível na formação do tecido do cérebro e na fabricação da bile, substância essencial no processo digestivo.


Ele também é fundamental na produção dos hormônios esteroides, responsáveis pelas características sexuais desenvolvidas na puberdade.


Por que, então, o colesterol é tão mal visto pela maioria das pessoas?

A resposta está no LDL, popularmente conhecido como “mau colesterol”. Em excesso, ele deposita-se nas artérias para iniciar a formação de placas de gordura, ocasionando a obstrução desses vasos. Como consequência, temos infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral (AVC) e doenças periféricas.

Em contrapartida, o HDL – ou “bom colesterol” – tem a missão de recolher o excesso de colesterol do sangue, levando-o para ser absorvido no fígado e evitando o entupimento dos vasos sanguíneos, doença conhecida como aterosclerose. Entretanto, se o excesso de LDL é nocivo ao corpo humano, níveis de HDL muito reduzidos (abaixo de 40 mg/dl) também são bastante prejudiciais e estão associados a maior risco para doenças do coração.

Mantenha o equilíbrio


Os níveis de HDL e LDL no sangue devem ser controlados por todos. Alguns grupos, no entanto, merecem atenção especial: homens com mais de 45 anos, mulheres após a menopausa, fumantes, hipertensos, sedentários, obesos e todos aqueles que tiverem histórico de doença coronária prematura na família. Além de fatores genéticos e maus hábitos alimentares, algumas doenças como diabetes e hipotireoidismo também contribuem para o aumento do colesterol.

Existem alguns alimentos que ajudam no controle do colesterol, contribuindo para o aumento do HDL e a queda do LDL. São as fibras – encontradas em produtos integrais, frutas e legumes – azeite, soja, abacate e peixes, como sardinha e salmão. 


Em relação à prática de exercícios, a atividade física aeróbica é bastante eficaz na melhora dos níveis de colesterol sanguíneo, aumentando os níveis do bom colesterol e reduzindo os índices do colesterol ruim.

Por ser uma gordura de origem exclusivamente animal, o colesterol é encontrado em carnes, ovos, leite e derivados. Isso não significa, porém, que esses alimentos devam ser banidos da dieta, mas, sim, controlados.

Seguindo uma alimentação saudável, composta por frutas, ervas e verduras, o controle dos níveis do colesterol é possível, só depende da nossa força de vontade.


O Poder Medicinal da Ameixa


O Poder Medicinal da Ameixa

Ameixas são ricas em vitaminas do Complexo B, que evitam problemas de pele e reumatismo.

Não importa se é comida inteira, adicionada a saladas de frutas, a assados, a pudins ou a pratos de carne, ou se é transformada em geleia, purê ou molho, a ameixa é sempre um alimento nutritivo de baixas calorias. 


Uma ameixa fresca de tamanho médio, contém aproximadamente 36 calorias e é uma boa fonte de fibras dietéticas como a celulose e a pectina, grandes facilitadoras do transito intestinal. A ameixa é uma grande aliada contra a prisão de ventre.

Também fornece grande quantidade de outros nutrientes, como vitamina C e Potássio.

A ameixa contém antocianina, que é o pigmento responsável pela sua coloração intensa. Esse pigmento antioxidante pode ajudar a proteger contra o câncer e as doenças do coração ao eliminar os radicais livres, moléculas instáveis que danificam as células.

Por sua alta taxa de fósforo, a ameixa é indicada nos casos de fraqueza.

Benefícios para nosso organismo:


  • age como laxante natural;
  • ajuda no funcionamento do aparelho digestivo;
  • eficaz contra hemorroidas;
  • combate doenças das vias respiratórias (resfriado e catarro);
  • previne a prisão de ventre;
  • excelente no tratamento de ácido úrico e hipertensão.




O Poder Medicinal do Hortelã

O Poder Medicinal do Hortelã

Indicada no combate aos distúrbios de origem nervosa e males do sistema digestivo.
É uma erva poderosa no combate a eliminação de gazes e também de vermes.
Possui excelentes propriedades anti-inflamatórias, anti-úlceras e anti-virais.

A hortelã pimenta ajuda ainda nos casos de icterícia (problema do fígado que dá cor amarelada a pele e aos olhos) e mais:
  • Ajuda a combater enxaquecas,
  • Combate a síndrome do intestino irritável (SII),
  • Cálculos biliares,
  • Cólicas uterinas,
  • Fadiga,
  • Infecções na região da garganta
  • Sinusite,
  • Transtornos do fígado.
É também eficaz contra bronquites, resfriados, gripes e rinites, quando inalada após a fervura.

Homens x Mulheres - Quem é mais saudável no Brasil?

Saíram os dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do IBGE, que apresenta um panorama da saúde da população brasileira, e ajuda a esclarecer se homens ou mulheres estão em melhores condições de saúde.

O IBGE que, em convênio com o Ministério da Saúde, visitou cerca de 80 mil domicílios, em 1.600 municípios de todo o país, no segundo semestre de 2013.  Divulgou as informações coletadas que permitem um panorama bem completo da saúde da população brasileira. Na época da pesquisa, o Brasil tinha 146,3 milhões de pessoas com 18 anos ou mais de idade. Vejamos alguns resultados que possibilitam também avaliar quem está melhor de saúde, se os homens ou as mulheres.

Como a pesquisa é muito extensa, vou dividi-la em alguns post´s, apresentando os resultados que tratam dos assuntos que tratamos aqui no blog.
Começando por:

- Dieta adequada:
A Organização Mundial de Saúde (OMS), recomenda o consumo de cinco porções diárias de frutas e hortaliças. Na pesquisa 37,3% dos entrevistados diziam consumir esta quantidade, sendo que mulheres 39,4% x homens 34,8%.

- Consumo de bebidas alcoólicas:
Das pessoas entrevistadas, 24,0% consumiam bebida alcoólica uma vez ou mais por semana, sendo homens 36,3% x mulheres 13,0%.

Por aí já dá para perceber porque as mulheres vivem, em média, mais do que os homens.

Fonte: IBGE

Alimentos Funcionais - Os 15 "Mais"


Alimentos Funcionais - Os 15 "Mais"

Conheça 15 alimentos funcionais que trazem mais benefícios a sua saúde.

Os alimentos funcionais são aqueles que, além de oferecer os nutrientes tradicionalmente conhecidos quando consumidos como parte da dieta usual, produzem efeitos benéficos à saúde e à redução do risco de doenças.


Que tal conhecer alguns desses alimentos e ver os benefícios que eles podem trazer?


  • 1- Verduras
    Deve-se consumir pelo menos três verduras diferentes por dia. As verduras colaboram para prevenir doenças cardíacas e relativas à hipertensão arterial

  • 2-  Frutas
    O ideal é consumir de três a cinco frutas por dia. Os mesmos benefícios das verduras se aplicam às frutas.

  • 3- Aveia
  • A quantidade diária é de três colheres de sopa de farelo de aveia ou quatro colheres de sopa de aveia integral. A aveia contribui para o melhor funcionamento do sistema digestivo, além disso, ajuda a reduzir os níveis de colesterol, auxiliando na eliminação de gordura ingerida.

  • 4- Peixes frescos (sardinha, salmão, atum, cavala e bacalhau)
    O ideal é consumir 180 gramas por semana. Estes alimentos colaboram para prevenir Infarto e AVC; reduzem o colesterol “ruim” (LDL) e aumentam o “bom” (HDL). Lembrando que não é recomendado consumi-los fritos.

  • 5- Azeite de oliva
    Deve-se ingerir uma colher de sopa por dia, sem aquecer. O azeite auxilia na redução do LDL e melhora o processo digestivo de outras gorduras.

  • 6- Castanha do pará
    A quantidade recomendada é de duas unidades de castanha do pará por dia. Este alimento auxilia na prevenção de problemas cardíacos, impedindo a degeneração celular e protegendo o sistema imunológico.

  • 7- Castanha de cajú
    Recomenda-se ingerir de cinco a seis unidades por dia. A castanha de caju colabora para diminuir a pressão sanguínea, evitando ataques cardíacos.

  • 8- Linhaça
    Deve-se consumir duas colheres (sopa) de farinha de linhaça ou dois copinhos (dos de café) de linhaça por dia. Para aproveitar os nutrientes, o ideal é triturar a linhaça, evitando guardá-la triturada por muito tempo. O consumo deste alimento ajuda a reduzir o LDL, auxilia no controle glicêmico, regulariza o trato intestinal e promove saciedade. Além destes benefícios,  alivia os sintomas da TPM.

  • 9- Gergelim
    A quantidade recomendada é de uma colher de sopa (15g) por dia. O gergelim auxilia no controle de colesterol total e LDL, podendo aumentar o HDL, quando consumido em grandes quantidades.

  • 10- Soja
    É recomendado consumir 150 g de grão de soja (uma xícara de chá) por dia. A soja diminui o risco de desenvolver câncer e combate doenças cardiovasculares.

  • 11- Alho
    O alho possui atividade antimicrobiana e bactericida. O alho colabora para reduzir a pressão arterial, diminuindo a taxa de LDL e a aumentando os níveis do LDL. O ideal é ingerir um dente por dia.

  • 12- Uva vermelha e roxa
    Dois copos de suco de uva reduzem os níveis de LDL, aumentam o HDL e contribuem para diminuição da pressão arterial.

  • 13- Chá Verde
    Á quantidade recomendada é de quatro a seis xícaras por dia (para reduzir os riscos de gastrite e câncer de esôfago). O chá verde auxilia na prevenção de tumores malignos, além de retardar o envelhecimento.

  • 14- Tomate
    Uma colher e meia (sopa) de molho de tomate por dia reduz o risco de aterosclerose e doenças cardíacas. Além disso, auxilia na prevenção do câncer de próstata.

  •  15- Vinho tinto Seco
    A quantidade ideal é de uma taça por dia. O vinho colabora para o controle da pressão arterial,  diminuindo o colesterol “ruim” (LDL) e aumentando o “bom” (HDL).

Fonte: Unimed Fortaleza.

Emagrecer não é tão difícil assim!

emagrecer
Emagrecer não é tão difícil assim!

Quase toda mulher concorda que precisa emagrecer pelo menos três quilos não é mesmo? 

Chegar ‘lá’, no entanto, não é tarefa fácil, já que o sucesso de qualquer dieta passa não apenas pela renúncia de alimentos saborosos, mas principalmente pela alteração da rotina da pessoa que precisa emagrecer.

Há, no entanto, algumas mudanças de hábito, que podem facilitar bastante o regime e este ingrediente está disponível em qualquer torneira: água.


O consumo de água para facilitar o emagrecimento não é novidade mas foi comprovado em um estudo realizado pela professora Brenda Davy, PhD em nutrição humana e professora da Universidade Virgina Tech, nos Estados Unidos.

No estudo Davy concluiu que bastam dois copos de água antes das refeições para perder sete quilos em apenas três meses. Esta foi a média de pesos perdidos entre as pessoas que participaram da pesquisa.

Ainda de acordo com a pesquisa, a cada refeição, usando este ‘truque’ a pessoa em dieta conseguiria diminuir o consumo de 70 à 90 calorias. Por dia seriam até 300 calorias a menos, de acordo com a professora. O segredo do emagrecimento é muito simples: a água enche (e claro, engana) o estômago.
Com o estômago cheio, as pessoas sentem menos fome e com um pouco de equilíbrio, conseguem perder peso e seguir na dieta.

É importante lembrar, no entanto, que este método diminui a fome, mas não a vontade de comer. Para isso será necessário aumentar a concentração e o foco na dieta, um trabalho que dependerá de empenho, auto – estima e estímulos psicológicos internos do indivíduo.

Fonte: Revista Veja

Alimentos Protetores do Fígado



Alimentos que ajudam na proteção do fígado

O álcool que ingerimos é absorvido pelo tubo digestivo e segue diretamente para o fígado onde são transformados em produtos não tóxicos e depois são eliminados. Uma das maneiras de preservar este órgão tão importante é consumir alguns (ou todos) estes 9 alimentos.



Beterraba e cenoura: Melhoram a função hepática por conterem uma grande quantidade de betacaroteno e antioxidante.
Maçã: Rica em pectina, a maçã auxilia na absorção de toxinas, sendo um grande aliado para o fígado trabalhar melhor.
Brócolis e couve-flor: Ambos são ricos em glucosinolatos, substância que ajuda a combater o stress oxidativo e que ativa enzimas importantes para a desintoxicação hepática.
Nozes: Comer algumas nozes durante o dia pode ajudar a combater a ressaca e auxiliar no melhor funcionamento do fígado por ajudar na desintoxicação deste órgão.
Alho: Mesmo sendo um problema para o hálito, o alho é um dos melhores alimentos para o fígado. Ricos em alicina e ajoeno, componentes que facilitam a liberação de toxinas, ajudam o fígado a trabalhar melhor.
Boldo: Tomar chá de boldo ou mastigar a folha, pode ajudar na proteção do fígado. Ele é importante por estimular a bile, auxiliando no tratamento digestivo.
Alcachofra: Comer um pouco de alcachofra ou então tomar em comprimidos pode ser uma boa opção para cuidar do seu fígado. Ela estimula a bile e ajuda a desintoxicar o fígado.
O que é bile? Bile ou suco biliar, é um fluido alcalino, produzido no fígado e armazenado na vesícula biliar. Tem a função de digerir gorduras e captar nutrientes ao passarem pelo intestino. 
  •  


Depressão - O Mal do Século XXI

o poder medicinal das ervas, plantas e frutas
Sentimentos de tristeza, raiva e frustração caracterizam esta doença psíquica, que é encarada como um dos principais males deste século.
Trata-se de um distúrbio do estado de ânimo que faz com que os sentimentos de tristeza, perda, raiva ou frustração interfiram no dia a dia um período de tempo prolongado. 
Existem vários tipos,  depressão grave, distimia (ligeira ou crônica), atípica (com delírios), pós-parto, pré-menstrual e ocasional.
Pode ser desencadeada por um acontecimento estressante como a morte de um parente ou alguém muito próximo, uma desilusão (amorosa ou profissional) ou por uma doença grave, pessoalmente ou em alguém próximo.
Também pode ser provocada pelo consumo de drogas ou álcool, assim como pelo abuso de tranquilizantes ou anti-hipertensivos.
Sintomas
Insônia ou excesso de sono, mudanças de apetite, levando a perda ou excesso de fome (o que pode levar a anorexia ou obesidade), fraqueza (sensação constante de cansaço físico), baixa auto-estima, falta de concentração, irritabilidade, inatividade, e na forma mais grave, desespero e ideias de suicídio.
Tratamento
Combinação de medicamentos antidepressivos e psicoterapia. Nos casos muito graves, a hospitalização pode ser necessária.
Prevenção
- Recomenda-se uma alimentação rica em ácidos graxos ômega-3 (peixe gordos como salmão, atum, sardinha),  ácido fólico, frutas secas, nozes e cereais.
Evite o consumo de álcool, fumo e qualquer outro tipo de droga.
- É importante fazer algum tipo de exercício físico, dormir bem e praticar uma técnica de relaxamento interior, tipo meditação, yoga e tai chi.
- Evite o isolamento e procure se cercar de familiares e amigos, nesta hora o relacionamento com pessoas que se gosta é fundamental.

Propriedades Medicinais do Mel

A utilização do mel na alimentação vai muito além de substituir o açúcar, pois trata-se de um alimento de alta qualidade, rico em energia e inúmeras outras substâncias benéficas ao nosso organismo. No entanto, é muito calórico, pois é composto apenas de carboidratos.

Para compensar, o mel tem propriedades antibióticas, sedativas e tranquilizantes.
Além disto, o mel contém também fibras solúveis, auxiliando a evitar a constipação intestinal.

Abaixo, listo os principais benefícios do mel para nosso organismo:

  • anti-séptico,
  • antibacteriano,
  • digestivo,
  • diurético,
  • induz ao sono,
  • laxante,
  • sedativo,
  • tranquilizante,
  • e para terminar, ainda ajuda a melhorar o aspecto da pele.


Emagrecendo sem passar fome


Emagrecendo sem passar fome

Quem nunca teve vontade de encarar uma dieta maluca para perder uns quilinhos? 

Na grande maioria das vezes, as chamadas “dietas milagrosas”, além de não contribuir para o emagrecimento, causam também prejuízos à saúde.

Para quem deseja emagrecer de forma saudável, nada mais benéfico do que incluir cereais na dieta. Os cereais são ricos em fibras e pobres em açúcar. Quem consome algum tipo de cereal com regularidade, diminui o colesterol e elimina gorduras com mais facilidade, o que contribui para a diminuição do peso corporal.

O segredo dos cereais está na grande quantidade de fibras que eles possuem. As fibras, quando chegam ao intestino, recolhem a gordura dos outros alimentos ingeridos além de uma parte do colesterol, em um processo que também faz com que o corpo gaste mais energia, reduzindo calorias.

A demorada digestão das fibras e a dificuldade de metabolização geram uma sensação de saciedade por mais tempo, deixando o organismo com menos vontade de ingerir alimentos.

Uma dica importante: redobre a atenção para os cereais matinais, que contém teores muito baixos de fibra e altas concentrações de açúcar, que podem fazem o efeito contrário ao esperado.

Emagreça com saúde seguindo nossas dicas e, lembre-se, antes de adotar uma “dieta maluca”, procure um nutricionista para um acompanhamento específico.

Gastrite - Alimentos que combatem os efeitos deste mal

Se você sofre com azia, queimação ou dores de estômago, fique alerta: os sintomas indicam uma possível inflamação da mucosa estomacal, mais conhecida como gastrite.

 A doença pode manifestar-se em duas formas, aguda ou crônica.

 A aguda é geralmente provocada pelo consumo abusivo de álcool ou de remédios, enquanto a crônica tem como causas principais a bactéria Helicobacter Pylori, o estresse, o cigarro e o café.

A melhor forma de combater a gastrite é realizando mudanças na alimentação, consumindo alimentos que combatem os efeitos para quem sofre desse mal. Confira abaixo alguns exemplos:


Aprenda a cuidar melhor da sua saúde - curso online de nutrição e muitos outros - clique aqui e comece já!  Contra a recessão, invista na sua educação.
  • Iogurte: importante devido à presença dos lactobacilos, que povoam o estômago com bactérias benéficas e ajudam na recuperação do tecido estomacal;
  •  Gelatina: aplaca a inflamação, dificultando a absorção dos carboidratos e das gorduras pelo estômago e intestino;
  •  Batata: também ajuda a aplacar o processo inflamatório;
  •  Pão integral: ajuda a controlar os níveis de ácido clorídrico, que contribui para desencadear a queimação no estômago;
  •  Ovos: são fontes de zinco, que repara os danos na parede do estômago, mais ovos cozidos;
  •  Chá de espinheira santa,  alecrim, ou acelga: funcionam como calmantes digestivos, atuando na redução da acidez estomacal. O ideal é que sejam tomados 30 minutos antes das refeições;
  • Suco de Aloe Vera (babosa): possui função cicatrizante e contribui na cura da ferida estomacal.

Usando o Poder Medicinal da Angélica

Chá contra dores no estômago:
Ferva 1 xícara (chá) de água e adicione 1 colher (chá) de sementes secas de angélica. Tampe e deixe esfriar, depois coe e adoce com mel. Beba antes das refeições.

Chá diurético:
Excelente para tratar de problemas na bexiga, retenção de líquidos, infecção nos rins e na dieta de emagrecimento.

Ferva 1 litro de água e adicione 20g de raiz de angélica. Após esfriar, coe e adoce com 1 colher de de mel. Beba de 1 a 2 xícaras por dia, mais evite beber à noite, pois você poderá despertar após dormir, para ir ao banheiro.

Chá antidepressivo:
Ferva 1 litro de água e adicione 20g de sementes de angélica, após esfriar coe, e tome de 3 a 5 xícaras por dia, sendo a última antes de dormir. Guarde na geladeira.

Envelhecer - Dicas que fazem a diferença


Todas as fases da vida devem ser vividas com intensidade. Envelhecer faz parte do processo e saber passar por ela com qualidade é a chave para a longevidade.

Tal fase é chamada por muitos de melhor idade. Termo bem definido, pois é o período em que a maturidade é plena e a experiência é uma bagagem importante que se carrega para si e para os outros.

Chegar à velhice bem dependerá muito das providências que se toma ao longo da vida. Porém, para aqueles que perceberam o relógio despertar mais tarde que o ideal, é importante se saber que nunca é tarde para priorizar a saúde da mente e do corpo. Confira abaixo quatro pilares que tornam o ato de envelhecer saudável e pleno.

1º – Check-up

Mesmo que o fator idade contribua para o desenvolvimento de alguns males, já que o corpo não mais responde com tanta eficácia ao combate deles, é preciso desmistificar que a reversão do quadro é impossível de acontecer. A natureza impõe certos limites aos idosos, mas a medicina hoje potencializa a prevenção de determinadas doenças, caso a faça no tempo certo.

Para tanto, é fundamental fazer um check-up anual a partir dos 45 anos. A realização de exames periódicos é uma medida eficaz de prevenção de doenças  que podem surgir e se agravar com o tempo.

2º  Hábitos alimentares saudáveis

Comer bem é o melhor remédio. A natureza é rica de qualquer nutriente de que o corpo necessita.
- As fibras presentes nas frutas são benéficas para o bom funcionamento do intestino;

- O leite e derivados auxiliam da reposição do cálcio perdido com o avançar da idade;

- Alimentos integrais, legumes e verduras precisam estar sempre presentes da rotina alimentar;

- As proteínas são fundamentais para reforçar o sistema imunológico, além de ajudar na manutenção da massa magra;

- As gorduras boas são aliadas no combate às doenças do coração.

Além da alimentação, é fundamental consumir, no mínimo, 2 litros de água por dia. A disposição e o equilíbrio do corpo estão intimamente ligados à hidratação.

3º Atividades Físicas

Os benefícios são tantos que são capazes de fazer movimentar até os amantes do sedentarismo. Praticar exercícios físicos em qualquer fase da vida elimina a indisposição, evita a obesidade, previne doenças cardíacas, mantém os níveis adequados de colesterol, controla a hipertensão, afasta a diabetes, fortalece a musculatura e diminui as chances de ter osteoporose.
Uma caminhada de 30 minutos por dia é capaz de dar uma guinada na saúde. O importante é manter a frequência e associá-la aos hábitos alimentares saudáveis.

4º Socialização

Nesta fase da vida, é natural bater à porta sentimentos como inutilidade e fragilidade. Como consequência, vem a depressão.   Em seguida, a tendência é se colocar cada vez mais à margem, abolindo projetos futuros e se isolando do convívio social.
Como prevenção, é importante manter uma convivência saudável com todos que fazem parte do círculo social do idoso. Além disso, jogos desafiadores estimulam o raciocínio e a manutenção da memória, como palavras cruzadas e cartas. Manter a atividade intelectual e a interatividade garante o bem estar e a saúde mental.

5º Sono

Durante uma boa noite de sono, o nosso organismo tende a se equilibrar, pois muitos processos metabólicos acontecem neste momento. Quando o idoso não dorme o suficiente, acorda com menos disposição, antecipa o envelhecimento, dificulta a concentração e torna-se mais propenso à obesidade, diabetes, pressão alta e doenças infecciosas.




Fonte: Hospital Vila da Serra
http://www.hospitalviladaserra.com.br/

O Poder Medicinal do Aipo (Salsão)



O Aipo, também conhecido como salsão, é recomendado para quem quer emagrecer, pois seu talo contém apenas 5 calorias. 

O aipo possui grande quantidade de fibras, além das vitaminas A, B, C e E, e ácido fólico, essencial na gestação.

Bastante utilizado na preparação de pratos como sopas e refogados, o aipo dá um sabor especial.

Os benefícios para nosso organismo são inúmeros, dentre eles, ajuda no tratamento do reumatismo; facilita a digestão; dá rápida sensação de saciedade (ajudando nas dietas de emagrecimento).

Além das propriedades abaixo:

  • Diurético;
  • Calmante;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Reduz a pressão alta;
  • Depurativo;
  • Auxilia a digestão;
  • Expectorante;
  • Previne câncer do cólon;
  • Previne a gota;
  • Previne infecções;
  • Previne a Osteoporose.

Não é mito! Café da manhã é a principal refeição do dia


Não é mito! Café da manhã é a principal refeição do dia

Se você é daqueles que costumam pular o café da manhã alegando falta de tempo, está na hora de mudar esse hábito nada saudável.

Segundo estudo da Universidade de Tel Aviv, um café da manhã reforçado ajuda a prevenir doenças como diabetes e hipertensão, além de contribuir para redução da obesidade.

No  estudo, os participantes que comiam um bem servido café da manhã – incluindo até mesmo um item de sobremesa, como um pedaço de bolo ou um biscoito – apresentavam uma redução nos índices de insulina, glicose e triglicérides ao longo do dia. O resultado representa um menor risco de doença cardiovascular, diabetes, hipertensão e colesterol alto.

Durante 12 semanas, os pesquisadores avaliaram voluntários divididos em dois grupos:

Aprenda a cuidar melhor da sua saúde - curso online de nutrição - conheça aqui e comece já! Contra a recessão, invista na sua educação.

O primeiro ingeria 700 calorias no café da manhã e 200 no jantar, enquanto o segundo consumia um café da manhã de 200 calorias e um jantar de 700 calorias.

Ao final do estudo, o grupo que se alimentava melhor durante a manhã perdeu uma média de 8 kg, contra 3,5 kg das pessoas da outra turma. Além disso, o primeiro grupo ainda apresentou níveis significativamente mais baixos do hormônio que regula o apetite (grelina), indicando uma menor vontade de “beliscar” ao longo do dia.

Por isso, fique atento e cuide bem da sua saúde: nada de pular as refeições, principalmente o café da manhã!


Água - A importância deste líquido para nossa saúde

o poder medicinal das ervas, plantas e frutas
Nosso corpo é constituído em cerca de 60% por água. O percentual pode variar entre indivíduos, de acordo com idade, sexo, massa muscular e gordura, mas o fato é que mais da metade de nosso corpo é composto por este líquido e precisa dele para funcionar.


Quando se fala em água, pensamos logo no líquido, porém ela pode ser obtida por diversas fontes. 
Os alimentos contribuem com quantidades variadas de água. Algumas frutas e hortaliças, como a melancia, o melão, o chuchu e a abobrinha, por exemplo, têm grande percentual de água em sua composição. 

Por fim, uma pequena quantidade de água é obtida através do nosso metabolismo, sendo produzida durante as reações químicas de produção de energia.

A água exerce papel importante no nosso organismo, deste a fase do crescimento, sendo fundamental no funcionamento do organismo, melhorando as funções dos rins, bexiga e intestino. É importante para quem tem crianças em casa oferecer água constantemente, pois elas são menos suscetíveis a sentir sede.

Porque beber água é importante? A água equilibra o organismo, fazendo com que ele fique mais resistente e funcione melhor. Conheça os principais benefícios:

Distribui os nutrientes pelos diferentes órgãos do corpo; 

É um importante lubrificante nas articulações; 

Ajuda a regular a temperatura corporal; 

Elimina as toxinas através da urina e da transpiração; 

Estimula o trânsito intestinal.


A necessidade de água varia ao longo do dia, em decorrência da alimentação, atividade física e temperatura ambiente. A sede, que é causada pela baixa quantidade de água dentro das células, é um sinal do organismo indicando que o indivíduo deve se hidratar. Mas não espere sentir sede para tomar água. Recomenda-se ingerir de 1 a 2 litros de água diariamente, lembrando que o consumo de alimentos, como citamos acima, complementa esta necessidade.


Suco Energético - Para começar bem a semana

aliados da saúde

Para começar bem a sua semana experimente este suco energético e refrescante, além de delicioso!

Ingredientes:
- 1 manga (de preferência palmer ou espada),
- 1/2 abacate,
- 1 colher de sopa de xarope de guaraná,
- 4 unidades de castanha-do-pará picadas,
- dois copos de água filtrada ou de coco,
- gelo à gosto.

Coloque tudo no liquidificador e bata por aproximadamente 3 a 4 minutos.

Suco bastante energético e extremamente refrescante.

Ainda é rico em vitaminas A, C, B6, ácido fólico, ferro e potássio (principalmente se usar água de coco).


O Poder Medicinal do Mamão

aliados da saúde

Conhecido como um laxante natural devido a presença de fibras e de uma enzima chamada papaína em sua composição, o mamão possui vitamina C, e também cálcio, fósforo, ferro, potássio e vitamina A, que protege a pele e os cabelos.

 É uma das frutas com maior quantidade de betacaroteno, que ajuda no fortalecimento do sistema imunológico. É também rico em ácido fólico, excelente para as gestantes.

No nosso organismo exerce inúmeros benefícios, tais como:


  • Age como anti-inflamatório;
  • Ajuda a proteger a visão;
  • Acelera a cicatrização;
  • Ajuda na prevenção do câncer;
  • Combate a osteoporose;
  • Combate a anemia;
  • Combate a prisão de ventre;
  • Ajuda no tratamento da hérnia de disco;
  • Combate o cansaço;
  • Alivia (e muito) os problemas de estômago, principalmente a gastrite;
  • Suas sementes ajudam a tratar vermes.
Quem utiliza o mamão constantemente na sua alimentação, sofre muito menos de problemas intestinais, e praticamente não sabe o que é prisão de ventre.


Topo